A cultura popular na Idade Média e no Renascimento: o contexto de François Rabelais [1 ed.] 8527100193

278 34 12MB

Portuguese Pages 419 [213] Year 1987

Report DMCA / Copyright

DOWNLOAD FILE

Polecaj historie

A cultura popular na Idade Média e no Renascimento: o contexto de François Rabelais [1 ed.]
 8527100193

Citation preview

LINGUAGEM e CULTURA

Títulos em catálogo Cavalaria em Cordel, Jerusa Pires Ferreira Marxismv e Filosofia da Linguagem, Mikhail Bakhtin Linguag..orrus na lDlensa ltteratura de visões de além-túmulo nas l�ndas de gigantes, na epopéia animal, fabliaux e Schwiinke (bufona. . nas alemas) Enfim, -��� �9º_cepç㺠do corpo está na base das grosserias, impre­ - tO$ de excepcio caç_�es e Juramen nal importância para a compreensão �a J�te_ratura do r�f!ltsmo gr�t�s�. Esses elementos lingüísticos exer­ . . ce�am uma mfluên �a org�JZadora direta sobre toda a linguagem, 0 e�t�o e a construçao das Imagens dessa literatura. Eram fórmulas _ s, que :xpressavam a verdade dmanuca com franqueza e estavam profundamente llgadas, por sua origem e funções às demais formas de "degra�ação" e "aproximação da terra" do ;ealismo grotesco e do Renasctmento. As grosserias e obscenidades modernas conserva·

• .

a

Pode-se encont�r uma ampla e preciosa documentação sobre os motivos g�tescos na arte medieval na vasta obra de E. Male: L'art religieur du Xl/e

sucle, du Xli/e et de la fin du Moyen Age en France (A arte religiosa do século XII, XIII e do fim da Idade Média na França). Tomo I 1902· t 11 1908· t

m,

24

1922.





·





·

ram as sobrevivências petrificadas e puramente negativas dessa con­ cepção do corpo. Essas grosserias (nas suas múltiplas variantes) ou expressões, como ''vai à . . . ". humilham o destinatário segundo· o método grotesco, isto é, elas o enviam para o baixo corporal absoluto, para a região dos órgãos genitais e do parto, para o túmulo corporal (ou os infernos corporais) onde ele será destruído e de novo gerado. Nas grosserias conte_ll}.P